Hiperplasia Endometrial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Hiperplasia Endometrial

É o aumento da espessura do endométrio para além da normalidade e sua incidência é maior após os 40 anos de idade. Cólicas abdominais, dores pélvicas e sangramento vaginal fora da menstruação são os sinais principais de que seu útero pode estar com o endométrio afetado pela hiperplasia. O inchaço uterino discreto que também acontece pode ser detectado com uma ultrassonografia transvaginal.

Existem muitos motivos e tipos de hiperplasia endometrial e nem todos estão diretamente relacionados com o desenvolvimento de câncer no endométrio. O tratamento pode envolver diferentes métodos e técnicas, como a curetagem ou cirurgia em quadros mais complicados e administração de hormônios para resolver problemas de baixa complexidade.